Comecei minha graduação no Direito essa semana. Decidi que seria legal criar um diário de tudo o que for passando durante o curso e ver como minha personalidade foi se moldando desde então. 

Como começou minha história com o curso de Direito? Nunca foi meu sonho, nunca tinha pensado em ser. Passei a vida inteira idealizando o curso de Medicina e decidida que esse seria meu futuro. Pouco me importei em conhecer mais sobre mim mesma e sobre outras profissões e carreiras. Depois de um Ensino Médio inteiro, mais dois anos de cursinho, percebi que a Medicina não me parecia tão brilhante e maravilhosa assim. Nada contra o curso e a profissão, mas só não fazia mais sentido pra pessoa que eu havia me tornado. 

Arrisquei, enfrentei a família que só me chamava de Doutora, fiquei parecendo a "coitadinha que não teve capacidade pra passar em Medicina e foi fazer outra coisa", mas sabia que dentro de mim era bem mais do que isso. As pessoas mudam e amadurecem, conhecem mais sobre si mesmas e isso gera mudança. 

Passei no Vestibular, entrei no curso de Direito na Federal. 
Alegria plena! 

A primeira semana começou e eu já sentia muito medo de estar decepcionada com o curso. Semana cheia de palestras e aulas instrutivas sobre as carreiras do curso, Direito e o Combate as Opressões... tudo se encaixando perfeitamente com o que gosto e me identifico.

Tivemos uma palestra muito legal sobre Defensoria Publica. Nunca havia pensado sobre seguir tal área do Direito, confesso que me atraiu bastante. 


Muito ansiosa por todas as portas que o mundo da universidade pode abrir!